BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

AMOR






Quando menos se espera surgem acontecimentos que nos surpreendem, surgem sem que tenhamos feito algo para que acontecessem, porém em algum momento os pedimos ao Universo, mesmo que não nos tenhamos percebido disso, eles surgem assim do nada, sem estarmos à espera, são momentos agradáveis e maravilhosos que por vezes podem mudar o rumo de uma vida inteira.


Nos não sabemos ao certo como acontecem mas o Universo encarrega-se disso, o Amor é algo que não é explicável por palavras, não tem uma definição concreta, surge e quando essa chama surge tudo nos parece mais fácil e o impossível torna-se possível.

Essa força invisível que move montanhas, torna mais felizes a nos próprios e ao outro que partilha desse amor, no entanto as pessoas que nos rodeiam também partilham dessa felicidade por verem que estamos bem.

O Amor faz bem á Alma é o rejuvenescedor do coração.

5 comentários:

Porcelain Doll disse...

Beeem... só tenho a desejar toda a sorte do mundo... :) Para duas pessoas que me parecem merecer tudo de bom; uma delas, sei que merece de CERTEZA, a outra inspira-me um feeling mesmo muito positivo!! :)

Estas coisas acontecem da mesma forma que as coisas que são menos boas acontecem... de alguma forma estávamos preparados para isso, amiga... de alguma forma era isso que precisávamos, não em termos de necessidade, mas em termos daquilo que a nossa alma realmente necessita para evoluir... umas vezes são coisas menos boas... outras vezes são coisas melhores... :) Agora que 2010 já mostrou a sua cara, parece-me prometer coisas bem boas... para mim sim, sinto-o... e para ti, amiga... bem tudo indica que sim também!! :D Beijos mesmo muito grandes!!

Alexandre disse...

O ser humano na sua Ignorância agarra-se às pessoas e objectos como se fossem realmente a solução para encontrarem a tão desejada felicidade, e na decepção do engano dizem: “eu gosto”, “eu não gosto” e “é indiferente”. Convêm no entanto reconhecer a identidade que diz “Eu gosto”, o Ego, e reconhecer o Egoísmo da frase, “Eu gosto”.
Convêm reconhecer também que a felicidade não está separada de Nós, e que Nós não somos o nosso Ego que diz “Eu gosto”, pois só o Ego pode gostar ou não gostar, e que a Felicidade já existe em Nós, pois de qualquer maneira, não a podemos encontrar em mais lado nenhum, não podemos encontrar felicidade fora de Nós, na verdade fora de nós existe apenas a ignorância, enganosa e decepcionante: ignorância da ilusão dos sentidos.

Silenciosa Tormenta disse...

Este comentario ja o tinhas colocado no post anterior, não era necessário colocá-lo novamente.

Eu digo apenas que a felicidade existe dentro de nós mas que ao longo de uma VIDA surgem acontecimentos marcantes em que essa FELICIDADE é manifestada, transmitida e exteriorizada através de por exemplo do AMOR, AMIZADE enfim poderá se-lo de diversar formas.

No entanto hà pessoas que se sentem incomodadas com a FELICIDADE que os outros possuem, muitas vezes por essas pessoas não serem capazes de se SENTIREM FELIZES com elas próprias NÃO conseguindo ser felizes ou manifestar esse sentimento.

Aesis disse...

Ora ainda bem que tens esta visão.
Acho que escrevi algo sobre isto mesmo - uma mera referência, recentemente.







Vim prestar os meus cumprimentos.
Bem hajas

mitro disse...

É tudo circunstancial...